A capoeira e o Mestre Cícero

Há mais de 25 anos no mesmo endereço, Mestre Cícero contribui para a difusão e preservação de um dos maiores Patrimônios culturais do Brasil e da humanidade, a capoeira.

Mestres Cícero e Suassuna. Preservação e difusão da capoeira

As aulas são oferecidas todas segundas, quartas, sextas a partir das 19 horas. Já aos sábados as aulas começam as 10 horas.

O Grupo de Capoeira Cordão de Ouro foi fundado em 1967 na cidade São Paulo pelo Mestre Suassuna. Em Campinas Mestre Cícero difunde e preserva a tradicionalidade e metodologia de ensino do grupo há mais de 25 anos na rua César Bierrembach 135 no Centro da cidade.

História

Com 15 anos de idade, Cícero Gabriel saiu do Paraná a procura de algo. Morou em Foz do Iguaçu e Pindamonhangaba. Rodou Brasil afora até chegar em Campinas-SP onde se deparou com algo que nunca tinha visto e que logo se transformou em uma grande paixão, a capoeira. Paixão esta que surgiu de um encontro casual numa viagem para Santos, litoral paulista. Era uma roda de capoeira com apenas cinco pessoas na beira do mar. Trocadilho do destino; ao voltar para Campinas encontrou a academia Beira Mar do Mestre Tarzan, que lhe fez a seguinte pergunta: – Quer assistir uma aula? E em seguida respondeu: – Quero começar a treinar.

Treinou durante anos até se formar Mestre 1º Grau. A capoeira então tornou sua profissão dali por diante, sua vida era só correr atrás de rodas, batizados, eventos e novos ensinamentos. Disputou o campeonato paulista de 87 trazendo o título de campeão meio pesado. No começo era só lazer, confessa. Onde conhecia diversas pessoas e se encontrava com os amigos.

Tenho que agradecer primeiro a Deus por ter me dado a vida; ao mestre por me ensinar à arte, a luta, a dança e a filosofia de vida que é a capoeira, a quem me ensinou pela primeira vez mestre Tarzan. Ao grande mestre Suassuna que me abriu novos horizontes na capoeira com seus ensinamentos, e a todos aqueles que me ensinaram muito.

Conheceu o Mestre Suassuna em um dos cursos realizados por ele. Passou a frequentar todos os batizados do grupo e junto com o Mestre Suassuna foi ao Rio de Janeiro pela primeira vez, onde conheceu grandes Mestres como o Mestre Gato, Mestre Peixinho, Mestre Toni, Mestre Ramos, Mestre Paulinho Sabiá entre outros.

Em 1989 esteve na Bahia, também pela primeira vez, onde Mestre Suassuana lhe disse para procurar o Mestre João Pequeno e o Mestre João Grande, foi quando encontrou e conheceu, além dos dois maiores personagens do mundo da capoeira de angola o Mestre Luís Medicina, o seu mano velho, como ele mesmo se refere, Mestre Jogo de Dentro com quem até hoje troca conhecimentos. Convidado a fazer parte do grupo Cordão de Ouro (CDO) não hesitou e é com muito orgulho que faz parte desta grande família.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui